Paranaíba - MS, 18 de Novembro de 2017

História de Paranaíba


O território, foi primitivamente povoado pelos índios Caiapós, tornando-se conhecido das primeiras bandeiras Paulistas no início do ano de 1700, e permanecendo sob a liderança do bandeirante Antônio Pires de Campos, o célebre "Pai Pirá", entre os anos de 1739 e 1755, que vinham para o sertão capturar escravos índios.


Somente em 1830 vieram os primeiros colonizadores, oriundos de Minas Gerais. Destacando-se José Garcia Leal, líder dos colonizadores-basicamente seus familiares-que tocando à frente escravos e gado, estabeleceram-se três léguas aquém de Paranaíba, seduzidos pelas águas existentes e pela fertilidade do solo que se prestava as várias culturas de subsistência.


Em 1836 erguia-se a primeira igreja, pela conjugação de esforços dos Garcia e do Padre Francisco Sales de Souza Fleury. Sendo que, no dia 04 de junho de 1857 a povoação foi denominada Sant´Ana do Paranaíba, em homenagem a Nossa Senhora Santana, padroeira do lugar.


Na Guerra do Paraguai, Paranaíba teve uma participação muito importante, pois foi na época, a rota de apoio logístico e de fuga dos civis envolvidos no conflito, tendo como pontos máximos, a atuação de José Francisco Lopes em 1867, o Guia Lopes,na célebre retirada da Laguna, e a documentação de Alfredo de Taunay, o Visconde de Taunay, que atravessou a região neste ano registrando suas observações sobre os habitantes, seus hábitos e sobre sua natureza, e a partir disto escrever o romance Inocência, cujo drama se passa naquele universo, tornando a região conhecida em grande parte do mundo.


Foi elevada a distrito pela Lei 04 de 19/04/1838, e o município criado pela Lei 05 de 10/07/1857.